segunda-feira, 29 de novembro de 2010

sábado, 27 de novembro de 2010

Calem-se!

Os políticos portugueses têm uma tendência suicida que assusta.
Todos os dias há um que diz um disparate sobre a crise e o FMI. Depois de várias incursões deste género por parte de Teixeira dos Santos, agora foi a vez de Pedro Passos Coelho dizer que está  pronto para governar com o Fundo Monetário Internacional
E ontem também Cavaco Silva fez um comentário qualquer sobre a vinda do FMI...

E estarem calados, não?

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

A verdade

Afonso Candal surpreendeu meio mundo ao dizer que se está a transferir para as gerações futuras uma enorme carga devido aos défices orçamentais permanentes...

Haja alguém que tenha um bocadinho de lucidez no PS. O problema é que esta constatação não resolve nada na hora da saída.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A guerra dos números


Os sindicatos dizem que foram 3 milhões os portugueses que fizeram greve (estarão também a contabilizar os que não foram trabalhar por impossibilidade de se deslocarem?).
O Governo, pela voz da Ministra do Trabalho, diz que foi "greve geral tranquila e Portugal não parou".

Quando cada uma das partes fala de realidades diferentes, é normal haver estas disparidades.

Por outro lado, consta que o Benfica também fez greve...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Shakira - música, sensualidade e energia


Imagem sem palavras - 150


Pavilhão Atlântico, concerto de Shakira, 22 Nov

Falsas soluções

"Remodelar não vai mudar nada. Portugal não precisa de um Governo com remendos. Precisa de um Governo novo e com uma estratégia de futuro definida". 


Fernando Sobral, Jornal de Negócios, 23 Nov 2010

Gozar com o cidadão-contribuinte

Ouvi um Secretário de Estado qualquer, no Parlamento, vangloriar-se que a despesas tinha crescido a um ritmo de 5% antes e que agora cresce só a 2%...

Estes senhores só podem estar a gozar connosco...

domingo, 21 de novembro de 2010

"Votar é um prazer"

"Orgasmo e voto não parecem ser conceitos com qualquer ligação, mas a juventude socialista da Catalunha discorda disso e lançou um vídeo que está a causar forte polémica em Espanha a poucos dias das eleições catalãs, marcadas para 28 de Novembro." (Público)


Humm... e se partirmos do pressuposto de que "eles" (entidade abstracta, vulgo políticos) nos andam a f****, a coisa não andará muito longe...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Boas notícias

"A economia portuguesa cresceu 0,4 por cento no terceiro trimestre face ao três meses anteriores e 1,5 por cento face ao mesmo período do ano passado, de acordo com as estimativas do INE." (TSF)

Parece pouco, mas é uma boa notícia para a economia nacional.
E isto ajuda a descer a pressão sobre Portugal.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Negócios da China

A passagem do presidente chinês, Hu Jintao, por Lisboa trouxe muitas oportunidades de negócio (vamos lá ver para quem...).
É um facto que o dinheiro não tem fronteiras - nem ideologia - mas não sou particular apreciador dos parceiros privilegiados que Sócrates escolhe para seus amigos.
Ainda bem que já tirei o meu vínculo capitalista do Millennium BCP. Não me agradam os rumores sobre a possibilidade do Banco da China entrar no capital do BPI.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O FC Porto quer, pode, manda e goleia

"Os Dragões golearam, e dominaram, o Benfica com cinco golos sem resposta, em jogo da 10ª jornada da I Liga. Varela, Falcao (2) e Hulk (2) foram os marcadores." (Sapo)

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O concerto






E, no fim, não é qualquer um que se aventura a cantar para um Pavilhão Atlântico sem microfone.

Coisas estranhas... ou não

Hoje, apenas um dia após a aprovação do OE na generalidade, os juros da dívida nacional bateram um recorde histórico, aproximando-se perigosamente dos 7%.

E eu que não percebo nada disto aponto dois motivos desta coisa inexplicável: a execução orçamental de 2010 (a derrapar todos os meses), e a credibilidade deste governo para aplicar as medidas que estão no OE de 2011.

Parafraseando - 94

"Primeiro, informe-se dos factos; depois, pode distorcê-los quanto quiser"

Mark Twain

(cá está uma coisa que o Eng. Sócrates faz muito bem...)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Michael Bublé em Lisboa


Um senhor em palco, incansável.
Durante 1h30, sem intervalo, fez a festa (e depois ainda voltou para um entusiástico encore). Sim, foi disso que se tratou. E ele disse-o: quem quisesse ouvir a sua música, que ouça os CD em casa. Ali ele estava para fazer uma festa.
Um completo entertainer. Canta, diz piadas, brinca, surpreende.
É evidente que é alguém que adora o palco. E que gosta daquilo que faz.
Acompanhado por uma orquestra de luxo, que encheu o recinto, e num palco cheio de grandiosidade, Bublé cantou vários temas de alguns dos seus álbuns. 

A primeira parte coube aos Naturally 7. Uma surpresa muito boa. E a descobrir através do youtube.

Depois ponho algumas fotos.

Blogosferando - 35


Com o Orçamento aprovado na generalidade...

"Manuela Ferreira Leite teve hoje no parlamento o seu (ingrato) dia de glória: confirmando a sua irrepreensível postura de Estadista, “a velha”, numa tão sucinta quanto brilhante intervenção veio deitar água na fervura, impor a racionalidade urgente num debate entornado pela hipocrisia, quando não pela mais infame velhacaria argumentativa. Com a autoridade de quem, contrariando uma alucinação colectiva particularmente gritante entre os opinadores oficiosos e os socialistas, há anos nos vem alertando sobre a iminência do abismo, a ex-líder social democrata reforçou que "Portugal está à beira da bancarrota" e que este OGE é o início de um “percurso longo e muito exigente” que “não pode ser desperdiçado com manobras políticas”. No final deixou a mais proeminente questão politica do momento: “como é que foi possível que um partido tivesse conduzido o país de tal forma que tornasse este Orçamento inevitável?".
Nem o País político nem o PSD merecem Manuela Ferreira Leite. Merecem aquilo que têm e o que aí vem. Que Deus nos ajude a todos... apesar de tudo."

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Novo Brasil?

Dilma Rousseff chegou à presidência do Brasil. Consta que com grande ajuda do presidente cessante Lula da Silva.
Neste dias, em contacto com brasileiros, fiquei a saber que a imagem que o Brasil anda a passar nos últimos anos de redução da pobreza, de grande pujança internacional, não tem correspondência interna. As pessoas continuam pobres, e têm a noção que a corrupção aumentou nos mandatos do PT e de Lula da Silva.
Para fora transmitem uma imagem de pujança económica fruto da descoberta de muitas jazidas de petróleo. Mas internamente não sentem muito a mudança.

Como já disse anteriormente, gostava de ver uma análise comparada e real dos mandatos de FHC e Lula da Silva. Sem propaganda ou ideias maravilhosas sobre Lula.