domingo, 24 de agosto de 2008

Educação porreiro, pá!

No Expresso de ontem, primeiro caderno, pág. 23:

"Luís, 15 anos, já mudou várias vezes de escola e chumbou a oito das nove disciplinas curriculares do 6º anos de escolaridade. Só passou a educação física. Apesar deste resultado, passou para o 7º ano e está inscrito noutra escola vizinha. Aconteceu na EBI 2,3 Vasco Santana, em Odivelas, e não é caso único no país.
Isto acontece porque o objectivo do sistema educativo é reduzir o número de repetências, aumentar os alunos com escolaridade obrigatória e garantir que jovens como Luís não saiam do sistema educativo, com 15 anos, sem obterem os instrumentos básicos para vir a ter uma profissão."

Atenção a este pormenor: quantos traumas não foram já causados a esta pobre criancinha por ter sido retida em anos anteriores no 6º ano? (com 15 anos já seria suposto andar pelo 9º ano...)
Para simplificar, não era melhor darem logo um canudo aos recém-nascidos, deixando por preencher um espaço destinado à escolha do curso?
Este governo é uma fraude! É este truque na educação, foi o pseudo-emprego qualificado criado pela PT em Santo Tirso...
Assim vamos longe...

1 comentário:

Sofia disse...

Mas a culpa é dos professores, não sabia? ;)